Direitos Humanos Notícias e Artigos Rio de Janeiro Teresa Bergher

Ação de ordenamento em Copacabana

NOTA ASSISTÊNCIA SOCIAL (SMASDH)

A equipe da secretaria municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, que participou da operação em Copacabana, fez várias abordagens e quatro acolhimentos. Teresa Bergher considerou o resultado positivo, apesar do pequeno número de acolhidos. Através do trabalho constante das equipes de abordagens, a Secretária quer que a pessoa em situação de rua aceite mais facilmente o acolhimento e vá para os abrigos.

“As pessoas ainda têm muita resistência ao abrigamento e a operação em conjunto dá mais segurança para que o morador de rua aceite o acolhimento. A abordagem se torna mais eficiente”, disse Teresa Bergher.

A secretária lembrou que a cidade do Rio tem hoje cerca de 15 mil pessoas vivendo nas ruas e 40% delas são ambulantes.

“O abrigo não é a solução. Mas é um direito do morador de rua e obrigação do poder público. Este problema é especialmente grave em Copacabana, mas existe em todos os bairros da cidade. E este cenário só vai mudar quando o Rio recuperar a sua economia e gerar emprego e renda. Lembro que o acolhimento não pode ser compulsório, pois a lei não permite. Vamos sempre trabalhar dentro da lei”, afirmou a secretária Teresa Bergher.

0 comentário em “Ação de ordenamento em Copacabana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s