Acabou-se o Outubro Rosa e, independente das estatísticas que serão divulgadas, há um saldo positivo nessa mobilização, não só das mulheres, mas de toda a sociedade. A maciça divulgação nos meios de comunicação, em particular nas redes sociais, sem dúvida alguma contribuiu para, através da conscientização, ajudar a reduzir as alarmantes estatísticas da doença nos últimos anos. No Brasil, ele mata, em média, 15 mil mulheres por ano e é o segundo tipo de câncer mais comum, atrás apenas dos tumores de pele.

  Certamente alguns dos próximos números serão positivos, diante de tamanha mobilização. Mas, restam problemas graves por resolver. Um deles é a capacidade de os serviços públicos de saúde, em particular os do Rio de Janeiro, atenderem à demanda por exames em mamógrafos. E essa demanda e falta de estrutura suscitam uma pergunta que não quer calar: Como proporcionar atendimento para milhares de mulheres na faixa de risco (acima dos 50 anos) se a situação nas unidades de saúde é tão precária?

Há cerca de duas semanas a Prefeitura admitira que nas 329 unidades da rede básica de atenção à saúde (clínicas da família e centros municipais) estavam em falta nada menos de 118 dos 175 medicamentos destinados à população. Isso incluía até remédios elementares, como analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios e antibióticos. Diante desse quadro, que denuncio frequentemente em minhas intervenções públicas, como esperar grandes resultados do Outubro Rosa, no sentido do aumento da detecção prévia e tratamento da doença? Não cultivo pessimismo, mas é bom nos acautelarmos para otimismo em excesso. O que, claro, não impedirá mais e mais campanhas desse tipo.

0 comentário em “As dúvidas sobre o Outubro Rosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s