Cultura Direitos Humanos História Judaísmo

Prestigiando a autobiografia de Freddy Glatt, sobrevivente do Holocausto

Ontem estive no lançamento do livro Roubaram Minha Infância, autobiografia de Freddy Glatt, sobrevivente do Holocausto. Quantas infâncias, quantas juventudes, quantas viúvas e viúvos, quantos órfãos, quantas famílias inteiras que tiveram suas vidas roubadas no mais cruel e covarde assassinato e fúria nazista. Afinal, foram seis milhões de vítimas! Crime: terem nascido judeus. Este livro e outros relatos são sempre importantíssimos, lembrar, para que não se repita. Foi este sentimento que motivou o meu saudoso Gerson a perseguir a ideia de construção de um Memorial às Vítimas do Holocausto no Pasmado, já em andamento e causa que abracei desde o primeiro momento.

 #lançamento #roubaramminhainfância #sobreviventes #holocausto #infânciasperdidas 

#nãopodemosesquecer #covardia #perseguiçãoajudeus #porummundodepaz

0 comentário em “Prestigiando a autobiografia de Freddy Glatt, sobrevivente do Holocausto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s