Alerta Destaque Rio de Janeiro Saúde Teresa Bergher

Crivella castiga ainda mais a saúde do Rio no orçamento de 2019

Lotar as galerias da Câmara Municipal e exigir posicionamento dos vereadores governistas, que não podem silenciar diante do massacre que o governo Crivella está fazendo com a saúde pública é direito do cidadão, que não pode aceitar que sejam retirados do orçamento 725 milhões para o próximo ano. Detalhe: retira verba de uma área extremamente precária. Serão 304 milhões a menos nos hospitais que já vivem o caos, como por exemplo, o Souza Aguiar e o Ronaldo Gazolla. A atenção primária, como  nas clínicas da família, responsáveis pela prevenção, terão uma redução de 450 milhões.
E aí prefeito, é assim que vamos cuidar das pessoas?
Confesso que até eu acreditei nesse estelionato eleitoral. Entretanto, jamais silenciarei ou deixarei de lutar para reverter esse quadro. É minha obrigação!

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “Crivella castiga ainda mais a saúde do Rio no orçamento de 2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s