Com profundo pesar, me solidarizo com as famílias das vítimas da última enchente no Rio, que matou de forma dramática e comovente dez pessoas. A elas se somam mais sete mortos no desabamento de dois prédios no Itanhangá. Se a falta de planejamento e investimentos na prevenção às enchentes tem parcela de responsabilidade e, transformou num caos a já combalida Cidade Maravilhosa, também, a morte das sete vítimas do desabamento, poderia ter sido evitada, se os dois prédios, construídos de forma irregular, em área de preservação ambiental, não tivessem sido erguidos. Crivella disse ser região de milícias e de difícil ação dos funcionários da Prefeitura. Claro, jamais colocar em risco a integridade física dos servidores! Mas existe uma Secretaria de Segurança para ser acionada! Que tem o dever de compartilhar ações e responsabilidades. O que não podemos é permitir que cidadãos, quase sempre, os menos favorecidos, paguem com a vida pela inércia de governantes. Aguardamos uma resposta do judiciário, que concedeu liminar, segundo o prefeito, para que dois prédios, na mesma situação, não fossem demolidos. Será que a justiça vai manter essas liminares? Ou vai esperar a queda desses edifícios e a soma de outras vítimas para depois se manifestar? Quanta “esculhambação”! 

#enchentes #desabamentos #mozema #tragédiaanunciada #inérciadogoverno

#justiçafalha #fiscalizaçãoénecessária #prefeituradorio #prefeitura #queremosresposta 

#vamoscobrar #teresabergher #vereadoradoRio #garraecoragememdefesadoRio

0 comentário em “ATÉ QUANDO?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s