Nesta quinta-feira (20/06), o Globo publicou matéria sobre o crescimento assustador dos usuários de crack em Copacabana. Essa triste realidade não é “privilégio” da ex princesinha do mar, mas de toda a cidade. A Prefeitura não tem programa para tratar a dependência química, questão de saúde pública. Até 2017, o número de usuários de crack nas ruas não chegava a 400, segundo levantamento da Secretaria de Assistência Social, mas hoje ultrapassa os 4 mil. Será que alguém ainda tem a ilusão de que o Copacabana mais Seguro seja a solução? Este programa nada resolveu, ao contrário, piorou a violência no bairro! A única solução é o ordenamento e o investimento em programas de acolhimento. Mas, ao contrário, o que vemos é a redução drástica do investimento, o que levará ao caos total.
Leia a matéria do Globo! 👇
https://oglobo.globo.com/…/aumento-de-cracolandia-assusta-m…
.
#moradoresderua #usuáriosdecrack #caostotal #questãodesaúdepública 

#prefeituraomissa #copacabana #riodejaneiro #rj #vamoscobrar

#teresabergher #vereadoradoRio #garraecoragememdefesadoRio

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “CIDADE LARGADA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s