Rio de Janeiro Teresa Bergher

O NÃO IMPEACHMENT

Quem leu as últimas edições do Diário Oficial do município entendeu perfeitamente de que forma o prefeito Crivella sobreviveu ao processo de impeachment na Câmara Municipal. São cargos e mais cargos, além de obras, para premiar os vereadores que votaram contra o seu afastamento. Boa parte desses parlamentares votou também a favor do aumento do IPTU e pela remissão de uma dívida de 600 milhões dos cartórios à Prefeitura. Estes são apenas exemplos da permissividade das relações do Executivo com o Legislativo. Entretanto, há um sem fim de votações desses mesmos vereadores, que, a meu ver, contraria o interesse do cidadão e da cidade. Mesmo votando sempre a favor do que considero ser o interesse da municipalidade e do nosso povo, confesso que sinto vergonha do momento político que vive a sociedade.
.
#vergonha #prefeituradorio #riodejaneiro #rj #vereadoresvendidos
 #estamosdeolho 

#teresabergher #vereadoradoRio #garraecoragememdefesadoRio

0 comentário em “O NÃO IMPEACHMENT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s