Notícia Saúde Teresa Bergher

TRAGÉDIA NO BADIM

Nossa solidariedade às famílias das vítimas do incêndio no Hospital Badim. Já são 11 vítimas fatais. Médicos e funcionários incansáveis, chegaram a improvisar colchonetes na rua. Fatalidades acontecem, mas esta tragédia mostra que não há qualquer plano de emergência, nem na rede pública de saúde, nem nos hospitais particulares. Não há brigada de incêndio, nem treinamento de fuga. Não há prevenção. Quando o incêndio começou, se tivéssemos mandado o máximo de ambulâncias com CTI, talvez o número de vítimas fatais fosse menor. Isso é o básico. Mas infelizmente o básico não é feito. Vivemos no país da improvisação. Que a irreparável perda destas vidas não seja em vão, e que possa levar à exigência de normas e procedimentos eficazes em caso de novas tragédias.

#tragédianatijuca #incêndionohospital #hospitalbadim #tijuca  #riodejaneiro #rj #teresabergher #vereadoradoRio  #garraecoragememdefesadoRio

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “TRAGÉDIA NO BADIM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s