Cultura Direitos Humanos História

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Neste dia devemos lembrar, refletir e passar para nossos filhos e netos o sofrimento e as atrocidades praticadas contra nossos irmãos negros. Que aquele horror jamais possa se repetir e ser vivido por nenhum povo, raça, religião, ou segmento da sociedade. O nosso país tem uma dívida enorme com os negros. Impagável! Que só será amenizada com políticas públicas de inclusão. Os negros são as maiores vítimas da extrema pobreza e miséria que atinge milhões de brasileiros. Também são os principais alvos da violência: de cada 100 homicídios praticados no Brasil, 70 são de pessoas de pele negra, em sua grande maioria jovens. Mas neste dia da consciência negra temos uma notícia para comemorar: a maioria dos alunos de nossas universidades é negra. É um começo! Mas o ideal seria que deixássemos de falar em negros e brancos, já que existe uma única raça, a humana. Vamos nos respeitar e nos amar como irmãos, todos filhos de um mesmo D’us. AMÉM!

#consciêncianegra #negros #20denovembro

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s