Sempre fui e sou contra o aborto. Entretanto, manifesto minha indignação em relação ao radicalismo que vem sofrendo uma criança de apenas 10 anos, vítima do mais hediondo dos crimes, o estupro. Não bastasse o eterno trauma psicológico dessa menina, é por demais desumano ter que enfrentar o fanatismo daqueles que ameaçam a sua integridade física!
Respeito todos os pensamentos, mas neste caso, vejo como crueldade esse absurdo movimento. Como dar à luz a um bebê fruto da mais extrema das violências? Esta criança tem todos os motivos e direitos para rejeitar essa gravidez. Por favor, respeitem!

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “RADICALISMO IRRACIONAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s