A que ponto chega a indiferença e a desumanidade de seres humanos “civilizados”, que conseguem tomar café vendo um corpo coberto com um plástico preto numa padaria em Ipanema? Afinal, Carlinhos, morador de rua, 39 anos, morreu por pneumonia ou Covid-19? Quantos morreram na mesma situação?
Mas que importância tem isso? Infelizmente essas pessoas são invisíveis, a parte da sociedade, mas especialmente ao Poder Público, que compulsoriamente tinha a obrigação de tirar essa criança das ruas aos 7 anos de idade e acolhê-la com dignidade como determina a Lei! Quanto cobrei e cobro da Secretária de Assistência Social explicações sobre o contágio desses moradores?! Mas o que esperar de um governo que teve 4 secretários de assistência social em sua gestão, demonstrando total desinteresse com uma questão tão sensível?
Dá pra entender a minha revolta com esse governo Crivella, que teve a resposta que merecia da população??!!

#populaçãoderua #invisíveis #assistênciasocial #prefeituradorio #riodejaneiro  #rj #estamosdeolho #vamoscobrar #teresabergher #vereadoradoRio  #garraecoragememdefesadoRio

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “ETERNOS INVISÍVEIS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s