Alerta Opinião Rio de Janeiro Saúde Teresa Bergher

FORÇA À ECONOMIA, MAS TAMBÉM AO VIRUS

A decisão da Prefeitura em manter bares e restaurantes abertos de quinta a domingo até às 02 horas da manhã e ampliar o uso das calçadas me preocupa, apesar da iniciativa prever seu próprio fim, em 31/12/2021.
A decisão é justificada pela necessidade de ativar a economia em tempos de pandemia, mas acontece no exato momento em que o número de óbitos e o contágio cresce a cada dia!
Prevejo, no entanto, que essa farra vai se perpetuar, em prejuízo dos moradores que vivem em imóveis localizados em cima desses estabelecimentos e também de seus vizinhos. Quando é que a Lei do Silêncio vai ser cumprida?
Enquanto países e até mesmo cidades do Brasil estão restringindo o funcionamento de bares e restaurantes, no Rio está se flexibilizando e consequentemente se estimulando as aglomerações das noitadas, grave foco de contágio da COVID-19.

#estamosdeolho #aglomeração #vamoscobrar #ordempública #leidosilêncio #teresabergher #vereadoradoRio #garraecoragememdefesadoRio

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “FORÇA À ECONOMIA, MAS TAMBÉM AO VIRUS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s