O feminicídio, crime hediondo, cresce a cada dia e precisa ser combatido com prioridade nas investigações e punição exemplar dos culpados. Na semana passada foi assassinada a jovem Vitória em Niterói, vítima do machismo de um colega que não aceitou ser rejeitado. Ontem foi a vez de Ana Carolina, de apenas 29 anos, ao terminar a relação com o ex-namorado. Além da morte da jovem, o assassino feriu gravemente sua filhinha, de apenas 5 anos, e seus pais.
Até quando esses machistas exacerbados vão poder agir? O problema é que a violência doméstica é pouco combatida e na maioria das vezes o agressor sequer é preso. Nos últimos 4 meses o feminicídio cresceu 50% no Rio de Janeiro. Triste constatação e nenhuma solução.

#feminicídio #violênciadoméstica #machismo #precisamoscombater  #leismaisduras #vamoscobrar #teresabergher #vereadoradoRio  #garraecoragememdefesadoRio

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “SEM SOLUÇÃO?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s