Até quando balas perdidas vão continuar fazendo vítimas todos os dias? Somente seus familiares sabem o que é perder um ente querido nessas circunstâncias. A mais recente vítima foi a jovem Kathlen, grávida, de apenas 24 anos. Muito triste! O que mais assusta é a falta de perspectiva em relação a essa violência. Ontem, aprovei Projeto de Lei de minha autoria que prevê atendimento psicológico a crianças e seus familiares vítimas da violência urbana. É a minha modesta contribuição para amenizar e combater tanto sofrimento. Infelizmente, a política de segurança do atual governo não aponta nenhuma solução. Apenas as justificativas de sempre: policiais reagiram porque foram recebidos a bala. É possível! Mas fica a pergunta: como entra tanta arma nas comunidades? Muitas delas tem pouquíssimos acessos! Quando as forças de segurança querem, resolvem. Apenas uma lembrança: o programa de segurança das UPPs foi o único que conseguiu levar o mínimo de conforto aos moradores das comunidades. Kathlen morreu porque era negra, pobre e favelada, embora brancos também morram de bala perdida, menos, porque representam menor número nas comunidades.

#violênciaurbana #projetodelei #psicólogosnasescolas #riodejaneiro #rj  #teresabergher #vereadoradoRio #garraecoragememdefesadoRio

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “APOIO NO DESESPERO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s