Até quando covardes, bestas humanas continuarão impunes? O Rio de Janeiro registrou 2330 casos de estupros a crianças de até 11 anos, no ano passado, na maioria das vezes praticados por padrastos e até mesmo pais. Como silenciar diante do caso da menina de apenas 11 anos, estuprada em Caxias pelo padrasto, e mantida em cativeiro por ele, com a conivência da própria mãe, dando à luz uma menina, na semana passada, na casa onde moravam? Qual será o acolhimento que essa criança receberá do Poder Público? É seu dever assisti-la e dar-lhe dignidade! Até quando, monstros vão continuar praticando esses hediondos crimes e ficando sem nenhuma punição? Vou procurar acompanhar o caso. No entanto, todos precisamos nos unir e denunciar, sempre que assistirmos à evidência de crimes praticados contra mulheres, idosos, mas especialmente crianças! Não podemos nos omitir! É nosso dever, que precisa passar a compromisso com a nossa própria consciência.

#bastadeviolência #vamosacompanhar #estamosdeolho #teresabergher #vereadoradoRio #garraecoragememdefesadoRio

Professora por formação, comecei a fazer política há 35 anos, ao lado do meu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Fui subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Estou no meu quarto mandato parlamentar, e sou reconhecida como uma fiscalizadora implacável do orçamento municipal do executivo, além de presidir hoje com muito êxito a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos na Câmara Municipal do Rio.

0 comentário em “CRIANÇAS INDEFESAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s